Puerto Bahia em construção na costa caribenha da Colômbia, deverá entrar em operação em março, quando receber a primeira importação de diluente de nafta, informou o CEO do projeto em entrevista.

O projeto, que é projetado para apoiar o principal porto de petróleo e produtos da Colômbia, em Covenas, e incluirá 3 milhões de barris de armazenamento, terminais para barcaças e Caminhões-tanque e uma doca de meia milha para receber e enviar embarques de petróleo bruto e combustíveis a bordo dos petroleiros Afromax e Suezmax.